Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Trivial e Singular

Um blog simples e único sobre as trivialidades e singularidades da (minha) vida

Trivial e Singular

Um blog simples e único sobre as trivialidades e singularidades da (minha) vida

Corridas ao som de latidos

Já há algum tempo que tenho tentado investir no aumento da minha resistência para a corrida. Em criança praticava atletismo num club desportivo e gostava imenso. Atualmente, corro por vezes no ginásio e apesar de ainda não ter recuperado a determinação psicológica necessária para me manter muitos quilómetros em marcha, já vou fazendo alguns. No entanto, quem corre sabe que fazê-lo em indoor ou outdoor é muito diferente. Como tal, já por um ou outro momento pensei que tenho de ganhar coragem e dar umas corridas perto de casa. Ontem consegui ter a determinação necessária e lá  fui eu. De facto, correr em solo tão acidentado,.. ora paralelo, alcatrão ou terra, ora a subir ou a descer (planos poucos), ora buracos, poças ou silvas,.. torna tudo mais difícil. Ainda assim, a minha maior dificuldade são os cães. É incrível a quantidade de cães que me sentem ao longe e começam a ladrar muito antes de eu sequer os conseguir antecipar. Para mim é inevitável. Se vejo um cão a ladrar, automaticamente páro de correr, continuo a passo de caracol, vou para o outro lado da rua e tento passar despercebida. Digo para mim própria, "não tenha medo, eles vão sentir e vão te atacar". E lá tento eu sobreviver a um potencial ataque e retomar o passo acelerado quando acho que já não têm campo de visão sobre mim. Lá corro mais uns metros e eis que me aparece outro simpático cão. Ontem nos míseros 5Km que fiz devo ter-me deparado à vontadinha com cerca de 12 cães, que não resistem a ladrar-me, a aproximarem-se das grades e a seguir-me com o olhar enquanto salivam.