Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Trivial e Singular

Um blog simples e único sobre as trivialidades e singularidades da (minha) vida

Trivial e Singular

Um blog simples e único sobre as trivialidades e singularidades da (minha) vida

O primeiro dia do pai

Hoje é um dia especial. É um dia dedicado a quem tem filhos. Este é o primeiro dia para o meu marido, para o pai do meu filho. É o seu primeiro dia do pai, e eu sei que ele está feliz. Está feliz por ser pai. Por viver um sentimento mais forte do que alguma vez poderia imaginar. Está feliz por ser pai de um bebé tão especial. Um bebé saudável, bonito, que lhe oferece um sorriso rasgado sempre que o pai regressa a casa do trabalho e sempre que lhe coloca a vista em cima ao acordar. O meu marido está muito feliz e orgulhoso do filho que tem. E eu sei que o meu filho também há-de ter muito orgulho no pai. O meu filho não sabe a sorte que tem em ter o pai que tem. Tem um pai que o ama, muito antes do seu nascimento. Que o quis acompanhar desde sempre. Em todas as consultas, em todas as ecografias. É um pai que esteve presente quando ele nasceu. Que o ajudou a vir ao mundo. Que se emocionou quando pegou nele pela primeira vez. Que ficou completamente apaixonado quando o viu a sair de dentro de mim. O pai fez-lhe companhia durante as noites no hospital. Embalou-o e deu-lhe os seus dedos para que pudesse agarrar enquanto chorava e gemia. Segurou-o e embalou-o no seu colo, falando-lhe baixinho palavras de carinho. O pai acompanhou-o em todas as fases que viveu até ao momento. Todos os dias se diverte com ele. Todos os dias o melhor do seu dia é estar com o filho. Palrar para ele. Sorrir-lhe. Mudar-lhe a fralda. Falar com ele. Eu sei que este pai é especial. É meigo, é amigo. Quer o melhor para o seu filho e eu sei que vai lutar por isso com todas as suas forças. Desejo muito que o meu filho tenha a oportunidade de crescer sempre com o pai, de fazer parte da vida dele até ser pai também, para que possa usufruir do que de melhor este homem tem. Para que dê valor ao pai que tem e para que faça dele um exemplo, um modelo a seguir. O meu filho tem a sorte de ter um pai que lhe quer dar o melhor,.. que o quer acompanhar, que quer brincar com ele, que levar a conhecer a praia, o mar, o campo, a montanha,.. que quer ensinar a jogar à bola, a andar de bicicleta, que quer levar ao quintal dos avós para conhecer as galinhas, os patos,.. que quer ensinar a vindimar, a apanhar o milho,.. Este pai é tão bom pai que deseja que o seu filho possa conviver muito com os seus avós e aprenda com estes o melhor do que estes têm para lhe ensinar. Eu sei que o meu marido é um pai formidável. O melhor pai que o meu filho poderia ter.