Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Trivial e Singular

Um blog simples e único sobre as trivialidades e singularidades da (minha) vida

Trivial e Singular

Um blog simples e único sobre as trivialidades e singularidades da (minha) vida

Mais um passo para a Humanidade

two-better-than-none-760x227.jpg

 Segundo a comunicação social, a partir de hoje, será possível a casais homossexuais adotar crianças. 

Acho que hoje é um grande dia, um dia muito importante. Um dia em que estamos mais perto do respeito e da tolerância.

Sei que é um tema controverso e polémico, mas acredito piamente que a soma homem+mulher não é a única possibilidade na tarefa de educar e amar uma criança. Trabalho com tantos pais e cada vez me é mais claro que não há um estereótipo. Acredito que homens e mulheres são capazes de amar e educar, assim como há homens e mulheres capazes de negligenciar e maltratar. Não acredito na orientação sexual como varável para medir a capacidade educativa e afetiva. Acredito que o amor, a comunicação, a compreensão, o respeito pelo outro e a transmissão de valores de cidadania são elementos fundamentais para um bom papel parental. E isto nada tem a ver com sexo ou com género. Fico feliz por saber que a partir de hoje vamos ter nas escolas crianças que vão poder dizer que têm duas mães ou dois pais. Para a minha geração é um dia histórico, para o meu filho será um dado adquirido. Felizmente, ele vai crescer com esta realidade, com esta consciência de que existem múltiplas famílias e isso é fundamental para que não desenvolva o preconceito contra os homossexuais. Para mim, esta discussão, nunca foi sobre as crianças e o seu superior interesse, foi antes uma discussão de estereótipos e preconceitos. Hoje finalmente, mais um obstáculo foi eliminado, mas ainda há muitos outros que têm de ser ultrapassados para que uma familia homossexual possa sair à rua e não ser apontada, olhada e criticada. Estou contente, por a lei ter conseguido estar à frente do preconceito.