Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Trivial e Singular

Um blog simples e único sobre as trivialidades e singularidades da (minha) vida

Trivial e Singular

Um blog simples e único sobre as trivialidades e singularidades da (minha) vida

Presentes de Natal antecipados

17584499_aCkYF.png

Pela primeira vez na vida iniciei a compra dos presentes de Natal com um mês de antecedência. No fim-de-semana passado comprei os primeiros presentes de Natal e desta forma a camada jovem ficou bem servida. Confesso que penso sempre em comprar os presentes com antecedência para não deixar acumular para a última hora, para não ter de enfrentar as multidões no shopping, para não encontrar tudo escolhido nas lojas e para poder dar às pessoas a possibilidade de trocar o presente, caso não gostem ou não sirva. No entanto, este ano está a ser diferente. Gosto de oferecer presentes que eu gostaria de receber ou que acho que serão interessantes/úteis para as pessoas em questão. Claro que no final do ano, com tantas despesas acumuladas e tantos presentes para comprar, acabou por me preocupar com o orçamento e nem sempre compro presentes tão bons como gostaria. Por esse motivo, este ano decidi fazer diferente.

Não resisti e aproveitei a campanha do Continente de 50% de desconto em cartão na compra de brinquedos. Logo que vi o anúncio na TV que pensei em alguns presentes para o meu filho. O de Natal e o de aniversário (faz anos em Dezembro). Como queria um carro a bateria e um triciclo e por norma são brinquedos mais caros, achei que não podia hesitar. Acabei por fazer uma lista de presentes e acabei por comprar os presentes para todas as crianças e ainda comprei alguns jogos de tabuleiros para alguns dos jovens adultos, que eu acredito que vão gostar.

Confesso que não gostei nada de gastar tanto dinheiro de uma só vez e deixar dinheiro em crédito no banco do tio Belmiro, mas sei claramente que assim comprei mais e melhor por menos. Como eu já faço semanalmente as minhas compras no Continente, não sinto que tenha sido um esforço grande, porque sei que ao longo do próximo mês vou descontar do cartão as despesas a pagar. Já aconteceu o mesmo com a promoção das roupas para bebé e crianças, em Setembro. Também nesta promoção, aproveitei e investi no guarda-roupa do meu filho. Desde casaco grosso de inverno, gorros, roupa interior, sweats, t-shirts a pantufas, entrou de tudo um pouco cá em casa. Acho sem duvida que foi ótimo, porque mais uma vez comprei mais, melhor e mais barato. Tenho de reconhecer que me agradam mais campanhas como as do Pingo Doce, em que os descontos são imediatos, mas que não são grande coisa, quando selecionam o produto e o cliente fica super limitado nas opções. Pelo menos, isso não acontece no Continente, e por isso têm aqui uma consumidora habitual e fidelidade.

Uma breve nota: cheguei ao Continente às 8h20 da manhã e fiquei espantada com a quantidade de carros no parque e com a confusão na zona dos brinquedos. Em alguns corredores era impossível passar. Havia prateleiras já esgotadas, apesar das funcionárias estarem sempre a fazer reposições e havia clientes com carrinhos cheios de brinquedos a formar torres. Impressionante. Não fazia ideia de que se gastava tanto em brinquedos.O meu baby foi comigo e adorou aquele "festival".