Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Trivial e Singular

Um blog simples e único sobre as trivialidades e singularidades da (minha) vida

Trivial e Singular

Um blog simples e único sobre as trivialidades e singularidades da (minha) vida

O que ando a ler

9789898800541.jpg

Há uns dias atrás fui a casa de uma amiga e vi lá um livro que ela tinha acabado de ler. Nunca tinha visto a capa, ouvido falar do livro ou da autora. É o que faz ter um filho. Sinto que antes era uma pessoa muito mais atenta e informada. Provavelmente, agora também sou, mas sobre outros temas. Qual era o livro? A rapariga do comboio de Paula Hawkins. Pois é, como é que eu nunca tinha ouvido falar deste livro se ele está nos top's das livrarias?! A minha amiga não me contou nada sobre a história, já que eu ia lê-lo e aventurei-me à descoberta. Pela descrição do livro imaginei que me iria deparar com um thriller policial daqueles que não consigo largar e prefiro passar a noite sem dormir do que ficar sem saber o que vem a seguir. É verdade, sou daquelas que quando gosta muito de um livro não consegue parar, nem que sejam 3h da manhã e no dia seguinte tenha de estar acordada às 7h. Não consigo, é mais forte do que eu. 

O que é que achei do livro? Não há muito a dizer. Para mim foi uma deceção, não muito grande porque eu não tinha grandes expectativas, mas efetivamente fiquei sem compreender porque motivo este livro estava no top. A história pareceu-me fraca, pouco envolvente e sem grande nistério. Gostei do facto de a história ser apresentada na perspetiva de três mulheres, o que gera maior interesse, porque na vida real os factos são percepcionados de forma diferente pelas pessoas e mais interessanre ainda é perceber que o que alguém pensa sobre outra pessoa é totalmente diferente do que essa pensa pensa sobre si própria. De qualquer forma, o livro não entusiasma, não agarra, o mistério não é grande mistério, é possível ir antecipando o final e as personagens não são muito ricas. Sendo assim, não recomendo, nem penso voltar a ler. Agora vamos a um novo livro.